Calendário de Vacinação Ocupacional


Profissionais da área de sáude: médicos, enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, patologistas e técnicos de patologia, dentistas, fonoaudiólogos, fisioterapeutas, pessoal de apoio, manutenção e limpeza de ambientes hospitalares, maqueiros, motoristas de ambulância, técnicos de RX e outros profissionais que frequentam assiduamente os serviços de saúde, tais como representantes da indústria farmacêutica. Profissionais que lidam com alimentos e bebidas: profissionais que trabalham em empresas de alimentos e bebidas - cozinheiros, garçons, atendentes, pessoal de apoio, manutenção e limpeza, entre outros. Profissionais que lidam com dejetos e/ou águas potencialmente contaminadas: mergulhadores, salva-vidas, guardiões de piscinas, manipuladores de lixo e/ou esgotos e/ou águas fluviais, e profissionais da construção civil. Profissionais que trabalham com crianças: professores e outros profissionais que trabalham em escolas, creches e orfanatos. Profissionais que entram em contato freqüente ou ocasional com determinados animais: veterinários e outros profissionais que lidam com animais, e também os freqüentadores e visitantes de cavernas. Profissionais do sexo: pessoas consideradas de risco para as doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) e doenças infecciosas ainda não controladas em outros países do mundo. Profissionais administrativos: que trabalham em escritórios, fábricas e outros ambientes geralmente fechados. Profissionais que viajam muito: aqueles que por viajarem muito para o exterior expõem-se ao risco de adquirir doenças infecciosas não controladas em outros países. Profissionais da aviação: pilotos e comissários de bordo. Manicures e pedicures.


Tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola); (Varicela (catapora) e Febre amarela:
1.Vacinas contra-indicadas para os imunodeprimidos: todas as vacinas vivas (contra a poliomielite oral, a varicela, o sarampo, a rubéola, a caxumba e a febre amarela), e a vacina BCG; em pessoas com imunodepressão leve, algumas dessas vacinas podem ser indicadas.

Hepatites A, B ou A e B:
2.A vacinação combinada contra as hepatites A e B é preferível à vacinação isolada contras as hepatites A e B, exceto quando o resultado de teste sorológico indique presença de imunidade contra uma delas.

Hepatites A, B ou A e B:
3.Esquemas especiais de vacinação contra a hepatite B: a)imunocomprometidos e renais crônicos: dobro da dose usual, ou seja, 2ml = 40mg, em três aplicações por via intramuscular, b)imunocompetentes com alto risco de exposição: dose usual, ou seja, 1ml = 20mg, em quatro aplicações por via intramuscular, com intervalo de um mês entre a primeira e a segunda, de um mês entre a segunda e a terceira, e de seis meses entre a terceira e a quarta.
Rua Duarte de Azevedo, 460 - Santana - São Paulo/SP - tel.: (11) 2959 1339
desenvolvido por vivianferreira